Processamento de Texto e Voz

Caso sua necessidade seja a análise de textos, seja de contatos de clientes (por email ou redes sociais), ou daqueles documentos que estão armazenados em vários arquivos ou em bancos de dados, a Conexum pode ajudá-lo na organização e aumentar a rapidez nas respostas e busca de informações.

O primeiro produto produzido pela Conexum, entre 2003 e 2007, foi o verificador ortográfico e gramatical Literal. Este verificador teve uma construção de um vocabulário de mais de um milhão de verbetes, incluindo verbos gerados por um conjugador, e regras de concordância e regência produzidas a partir das melhores referências do Português.  Desde então produzimos linguística computacional para análise de textos e diálogos, tanto escritos quanto falados.

Nesta linha, trabalhamos com dicionário online de línguas, assistente de diálogo embutido em aplicações e atendimentos com consulta a bases de dados inteligentes.

O dicionário online que desenvolvemos com app para celular em 2008 foi o Traducel. Nesta época desenvolvemos um formato ainda inexistente de consulta do dicionário pela internet, a partir do aplicativo do celular. Hoje este é o formato mais usado em aplicativos que possuem bancos de dados online.

Entre 2009 e 2011 criamos um assistente de diálogo para o jogo educacional Città, criado por pedagogos. O objetivo do assistente era monitorar o ambiente de jogo e dar conselhos ao jogador. Usamos redes bayesianas para construção das decisões de quando e quais conselhos apresentar ao usuário. Os diálogos foram estruturados segundo estudos linguísticos de diálogos falados, uma vez que o objetivo foi realizar interações informais com crianças.

A Conexum também participou, e ainda é responsável, pelo projeto Comunica, de acesso a bases de dados inteligentes através de interações escritas e faladas. Neste projeto fizemos o treinamento de bases acústicas de voz para reconhecimento de fala, que é a porta de entrada de dados do sistema. Também fizemos a modelagem acústica para síntese de fala, uma vez que a resposta pode ser falada. O sistema ao todo é uma evolução de business intelligence, uma vez que conta com cinco módulos rodando em webservice, que inclui interfaces com telefonia e VoIP, duas bases de ontologias (geral e de domínio), mineração de dados e extração de bases (ETL).

Também participamos de projetos avançados de treinamento de sistemas de etiquetagem semiautomática (semi-automatic tagging) voltados à análise de diálogos em textos, tais como redes sociais. Os sistemas de treinamentos usados em linguística computacional também são conhecidos dentro da área de Aprendizado de Máquina (Machine Learning).

Para mais detalhes, entre em contato!